A 1ª Mostra Tua Graça Palhaça acontece durante todo o mês de Março com quatro espetáculos de mulheres palhaças, três locais e um Internacional, e uma oficina de palhaço ministrada por Eva Ribeiro (Portugal). A Mostra é uma realização da Cia. Palhaça Sem Lona de Porto Alegre e faz parte do Projeto idealizado pela Cia, intitulado: Território de Riso, que se caracteriza por realizar trocas entre palhaços de diversas formas, seja com as oficinas, ou com debates, mostras de filmes ou como agora com a !ª mostra de palhaças do Estado do RS. A Mostra na sua primeira edição será realizada em março a fim de unir forças aos movimentos e demais ações ligadas ao dia Internacional da Mulher. Na última semana acontece a oficina de palhaços com Eva Ribeiro de Portugal, pela primeira vez em Porto Alegre, e encerra com o espetáculo internacional Madame Kill.

 

Programação/Espetáculos

05 e 06/03 – Bem te Vida Marmotta

Com Lia Motta da Cia. Palhaça Sem Lona (Parque Farroupilha/ sábado às 11h e domingo às 16h)

12 e 13/03 – Amostra Grátis

Com Ana Fuchs (20h) – Teatro Nilton Filho

19 e 20/03 – Vendo Graça

Com Janaína Lima (Parque Farroupilha/ sábado as 11h e domingo as 16h)

26 e 27/03 – Madame Kill

Com Eva Ribeiro (20h ) – Centro Histórico Cultural Santa Casa

Ingressos: R$20,00 inteira R$10,00 meia (somente na bilheteira dos teatros, no dia dos espetáculos)



Oficina de palhaços:

"Palhaceando Emoções com Eva Ribeiro (Portugal)

Datas: de 21 a 25/03

Horário: das 18h30min às 22h30min

Local: sala da Ação Educativa do Centro Histórico Cultural Santa Casa

A Verdade, a Emoção, a Fisicalidade... no jogo do palhaço

Nesta oficina procuraremos aprofundar o universo do palhaço através do jogo. Trabalharemos o impulso e emoções que nascem dessa pesquisa. A fragilidade. A generosidade. O encontro. Procuraremos aprofundar as possibilidades dos elementos narrativos e poéticos para a criação de situações cômicas onde os palhaços jogam livremente a partir da relação palhaço-público.


Como o palhaço:

- Revela, expõe, mostra e joga a partir da sua fragilidade e inocência;

- Vive a partir do impulso, do prazer de jogar e do encontro com a platéia;

- Se nutre do erro e do fracasso como motores do seu jogo;


O Corpo:

- Aquecimento com técnicas de teatro físico;

- A preparação corporal;

- O jogo. Jogar o estado palhaço a partir da sua fisicalidade;

- A relação Corpo/Estado/Objeto;


A energia:

- O jogo do palhaço vive e alimenta-se da energia criada entre o seu interior e a platéia;

- Compreender a importância do trabalho energético no jogo do palhaço;

- Emoção, impulso e ritmo trazem autenticidade ao jogo do palhaço;


O Encontro:

- O palhaço revela-se e revela através do encontro com a platéia;

- A generosidade e autenticidade do estado do palhaço permitem à platéia redescobrir a sua própria humanidade;



Apoio:



Vamos conversar? Entre em contato!

E-mail: contato@palhacasemlona.com.br
Telefone: (51) 8240-1440
Entrar em contato